COVID-19 / FAQ´s

FAQ´s


Resposta a questões frequentes relativas a Testes Diagnóstico e Testes Serológicos | Covid-19

Tópico MARCAÇÕES

Como devo fazer a marcação do meu teste?

1. Comece por preencher o Formulário de Pré-inscrição para Marcar Teste Covid.

  • Formulário de Pré-inscrição para Centros de Teste do Laboratório de Leiria [Alcobaça (Brevemente), Ansião, Batalha, Benedita, Bombarral, Caldas da Rainha, Fátima, Fig. Foz (Gala), Leiria (drive) Marinha Grande, Nazaré, Ourém, Pombal (drive), Porto de Mós (Brevemente) e Torres Novas]
  • Formulário de Pré-inscrição para Centros de Teste Laboratório de Coimbra e Seia [Coimbra, Águeda (Centro Méd. Sta. Terezinha), Aveiro (Sta. Joana), Aveiro (The Clinique), Cantanhede (Centro Méd. S. Mateus), Coimbra, Condeixa, Gouveia, Mangualde, Mira, Oliveira Bairro, Oliveira Hospital, Seia, Soure, Tondela, Viseu (Abraveses)]

2. Mantenha-se atento ao telefone que registou, pois a nossa equipa de marcações entrará em contacto em breve.

NOTE que NÃO SÃO EFETUADAS MARCAÇÕES a Testes Covid-19 POR E-MAIL.

Tópico COLHEITAS

1. Colheita Nasofaríngea para Teste PCR ou Teste Rápido de Antigénio (Zaragatoa)

Como é feito o exame? O exame é realizado pela recolha de uma amostra de produto (exsudado) nasal (do nariz) usando duas “cotonetes” (zaragatoas). Contudo, nem sempre é possível introduzir as duas zaragatoas (desvios do septo, entubados, etc.), pelo que pode ser apenas uma.

O exame dói? A dor depende da pessoa. Provoca, sim, um certo desconforto.

A zaragatoa de criança é igual à de adulto? Sim. Trata-se de uma zaragatoa fina, adequada à anatomia de ambos.

Quanto tempo demora a colheita? É variável. Por norma, cerca de cinco minutos.

Tenho de estar em jejum? Não. Atualmente, a colheita é exclusivamente feita via nasofaríngea, não interferindo com o trato oral.

Posso usar spray nasal antes da colheita? Não. O uso de sprays poderá adulterar os resultados do teste. Está desaconselhado o seu uso no dia e na véspera do exame.

2. Colheita de Saliva para teste PCR (Funil)

A quem se destina? O teste com base na saliva aplica-se, essencialmente, a rastreio comunitário de crianças, pessoas com desvio no septo nasal, doenças crónicas ou um contexto profissional, por exemplo,  que as obrigue a realizar testes regularmente.

Como é feito o exame? O teste é feito por meio de uma amostra do trato respiratório inferior. Isto é, através de uma colheita de saliva, preferencialmente, a primeira da manhã e colhida através de um funil. Para o efeito, será solicitado ao utente que tussa profundamente 3 a 5 vezes, de modo a libertar a saliva/expectoração da garganta. Todos os fluidos daí resultantes, presentes na cavidade bocal, devem ser colhidos. Em laboratório, a colheita é analisada pela técnica de biologia molecular RT-PCR.

Necessito fazer alguma preparação para o teste? Pelo menos 1 hora antes do teste, NÃO deve comer, beber, fumar, lavar os dentes, mascar pastilha elástica ou colocar algo na boca.

E como é feita a colheita a crianças? A colheita é realizada de forma similar à de um adulto, podendo ser colhida apenas a saliva da boca.

O exame dói? A grande vantagem deste tipo de teste é, precisamente, o maior conforto e a ausência de dor no momento da colheita, sem a necessidade de introdução de zaragatoa nas cavidades nasofaríngeas ou orofaríngeas, para os grupos mencionados em "A quem se destina?";

O resultado é tão eficaz quanto o teste RT-PCR de colheita nasofaríngea? O teste PCR com colheita nasofaríngea continua a ser o teste de referência para a DGS e para viajar, pois é o mais sensível à deteção da SARS-Cov-2. Contudo, os estudos realizados internacionamente demonstram que a utilização de saliva para análises em laboratório através da técnica RT-PCR são um método viável alternativo à tradicional colheita por meio de zaragatoa, especialmente no caso das crianças, adultos com alterações anatómicas ou com necessidade de testagem regular. a eficácia do teste está assente no facto da amostra colhida na cavidade oral conter RNA do novo coronavírus com qualidade suficiente para seja detetado por RT-PCR, garantindo uma elevada taxa de especificidade.onsulte aqui a lista de locais onde pode realizar os Testes Covid.

Posso fazer o Teste de Saliva (PCR) para viajar? Não dispomos informação de que o resultado deste teste seja válido para efetuar viagens, pelo que se recomenda o contacto direto com as companhias aéreas e as autoridades competentes do país de destino.

Posso marcar o teste beneficiando de algum acordo/convenção? Até à data (15/04/2021), o Teste de Saliva não tem qualquer tipo de comparticipação/acordo com sistemas de saúde ou seguradoras.

3. É necessário usar máscara?

Sim. Tanto nos Postos de Colheitas, como no interior da sua viatura, nos Drive-Thru.

Onde são realizadas as colheitas?

Poderá consultar a lista completa de postos onde poderá realizar testes PCR nasofaríngeo ou de saliva, bem como testes rápidos de antigénio aqui. Os testes serológicos podeão ser realizados em qualquer posto de colheitas Beatriz Godinho Saúde, durante o horário de colheitas de cada uma das unidades.

Tópico PRESCRIÇÃO, ACORDOS e CONDIÇÕES

É necessária Prescrição Médica para a realização do Teste? Não. O teste RT-PCR de zaragatoa (nasofaríngeo) pode ser feito com ou sem prescrição médica em qualquer um dos postos ou Drive-Thru.

Tenho uma prescrição médica. Quanto tenho a pagar? Se for uma prescrição do SNS, o teste é comparticipado a 100%. Através de seguradoras com protocolo com a Beatriz Godinho Saúde (Médis, Multicare, AdvanceCare e Future Healthcare) ou outros subsistemas de saúde, consulte mais info neste link. Dada a especificidade de cada sistema, não dispensa a consulta/confirmação com a entidade a que o acordo se refere.

 

Tópico RESULTADOS

Qual o prazo de entrega de resultados? Resultados Testes Diagnóstico RT-PCR: 24 a 48 horas após realização do mesmo. Resultados Testes Rápidos de Antigénio: após 2 a 12 horas após a realização do mesmo. Resultados Testes Serológicos: 12 a 48 horas após realização do mesmo. Resultado Urgentes são possíveis mediante disponibilidade do laboratório, acordada na marcação.

Como são entregues os resultados? Por e-mail. Se não tiver e-mail, contactamos no sentido de se poder deslocar a um posto de colheitas Godinho Saúde para levantar o resultado.

Como é dado o resultado? O resultado é dado em Português, como "Detetado" (positivo), "Não detetado" (negativo) e "Inconclusivo".

Vou viajar e necessito apresentar o resultado do teste noutra língua. É possível? Sim, em Inglês, Francês, Espanhol e alemão, desde que o solicite expressamente na marcação.

O que significa um teste positivo (Detetado)? O que devo fazer? Significa doença COVID-19, ou que é portador do vírus e, por isso, pode contagiar outras pessoas. O laboratório comunicará o seu resultado ao médico prescritor/ Delegado de Saúde e à Direção-Geral da Saúde (DGS), através da plataforma SINAVELab. Se não for contatado pela Autoridade de Saúde no prazo de 24 horas, deve contactar a Linha Saúde 24.

O que significa se for Inconclusivo? Significa que o teste apresentou um resultado positivo para um dos alvos do genoma e negativo para outro(s) alvo(s) do genoma. Recomenda-se repetição da colheita da amostra biológica (Orientação da DGS Nº 015/2020 de 23/03/2020, atualizada a 24/04/2020).

Posso ter um resultado positivo mesmo sem sintomas? Sim. Pode ser positivo vários dias antes de se manifestarem sintomas, ou não haver qualquer sintoma. O resultado pode manter-se positivo por várias semanas, independentemente dos sintomas.

Tópico TESTES DE SALIVA (RT-PCR)

O Teste de Saliva é um Teste RT-PCR processado laboratorialmente de forma similar ao teste RT-PCR convencional, diferindo no meio de colheita. Em vez da zaragatoa (meio de colheita do exsudado nasofaríngeo/orofaríngeo), é usado um funil para colher a saliva e secreção da garganta.Trata-se, por isso, de um teste de biologia molecular de pesquisa do RNA do novo coronavírus SARS-CoV-2 na saliva, com um elevado grau de sensibilidade e que, em alguns casos, poderá ser considerada uam alternativa ao teste RT-PCR nasofaríngeo, válida e mais confortável para o utente.

Uma vez que o teste mais sensível é o RT-PCR com base no exsudado nasofaríngeo, o Teste de Saliva é essencialmente recomendado para crianças, pessoas com desvios no septo nasal, entubados ou indivíduos que, por questões pessoais ou profissionais necessitam de ser testados regularmente.

Até à data (15/04/2021), o Teste de Saliva não tem qualquer tipo de comparticipação/acordo. Também não há informação de que este seja válido para efetuar viagens, pelo que se recomenda o contacto direto  com as companhias aéreas e as autoridades competentes do país de destino.

Tópico TESTES RÁPIDOS DE ANTIGÉNIO (TRAg)

O que é necessário para realizar um Teste Rápido de Antigénio? Para fazer o teste deve, preferencialmente, ter prescrição médica (pode ser emitida por qualquer médico), ainda que este não seja comparticipado por qualquer subsistema ou seguradora.

A minha empresa está numa situação de investigação de surto. Posso realizar o TRAg? Sim, de acordo com as orientações das autoridades de saúde.

Em que Postos de Colheita posso realizar o TRAg? Pode realizar a colheita em todos os Postos COVID Beatriz Godinho.

Posso apresentar o resultado negativo de um Testes de Antigénio para fazer uma viagem? Não. Este teste não é o "gold standard" (RT-PCR) preconizado pelas Autoridades de Saúde nacionais e internacionais, pelo que não serve para esse fim.

Tópico TESTES SEROLÓGICOS ou de IMUNIDADE

Já ouvi falar de testes de imunidade. Qual é a diferença deste face ao teste à COVID-19? O teste à COVID permite saber se a pessoa está ou não infetada (testes diagnóstico com Zaragatoa). O teste de imunidade permite saber se já possui os anticorpos para a doença (testes serológicos). Neste momento, sabe-se que só tem anticorpos quem já teve contacto com o vírus e que é possível uma pessoa ter anticorpos no sangue e já não estar infetada. Estes testes realizam-se através da colheita de sangue. Ainda não se sabe se a presença de anticorpos oferece imunidade.

Os testes serológicos (imunidade) servem de diagnóstico à infeção por Sars-Cov-2? Note que a dinâmica da resposta IgM e IgG é incerta e variável no decurso da doença, pelo que um resultado negativo de IgM e de IgG não exclui que o doente esteja infetado por SARS-Cov-2, especialmente em doentes imunodeprimidos. Não se pode excluir a presença de reações cruzadas com outros agentes infeciosos e com utentes com fator reumatoide positivo.

Quanto custa um teste de imunidade? É comparticipado? O que é necessário para o realizar? O teste não tem qualquer tipo de comparticipação. Não requer jejum nem marcação prévia. Basta dirigir-se a qualquer posto de colheitas Beatriz Godinho Saúde e informar que pretende fazer o teste. Para mais informações acerca do teste serológico IgG + IgM Covid-19, contacte os nossos postos ou laboratórios centrais.